Antropofagia

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa
Restaurantes que servem pratos antropofágicos exibem este símbolo internacional da antropofagia
A prática em questão
Wikisplode.gif
Para os idiotas entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Antropofagia.

Antropofagia é uma arte culinária praticada por gourmets que consiste em apreciar a carne humana. A carne humana é uma iguaria fina, disponível apenas em restaurantes de luxo, isso por causa de seu preço exorbitante, que a torna acessível apenas aos membros da alta sociedade.

História[editar]

A carne humana sempre foi uma iguaria refinada; a Bíblia inclusive menciona vários casos de mães que apreciaram a carne dos próprios filhos. Na Grécia e em Roma, o ideal de mens sana in corpore sanum, preparava corpos que eram muito valorizados nos banquetes.

Infelizmente, com a Idade Média, em que houve uma queda da qualidade de vida das pessoas, os homens pararam de cuidar da própria saúde, e seus corpos foram infectados por verminoses, fungos e outras coisas nojentas, com a consequência deplorável que a Europa perdeu a cultura antropofágica.

A antropofagia só voltou ao Velho Continente por influência dos exploradores. Além do Renascimento Cultural, esta época viveu também um Renascimento Culinário. Ainda hoje é lembrado o Festival Gastronômico de la Rochelle (1627 - 1628), no qual protestantes franceses, retornando de uma jornada cultural ao Brasil, mostraram aos seus conterrâneos pratos típicos da culinária brasileira, como a moqueadura de soldado e o français avec sauce brune.

Atualidade[editar]

A antropofagia é considerada um crime em alguns países atrasados, mas países mais civilizados aceitam a antropofagia consensual. Assim como na doação dos órgãos, é um ato de caridade e altruísmo doar seu corpo para ser consumido, em caso de acidente ou morte cerebral, com a vantagem que, enquanto existe ainda um tabu quanto ao comércio de órgãos para transplante, a carne humana para consumo é paga por quilo, podendo, um corpo saudável, de uns 70 quilos de músculo, ser avaliado aproximadamente em US$ 2.204.62 dólares o quilo, o que é uma boa ajuda para os parentes do recém falecido e tornado em iguaria.

Ver também[editar]