Mudanças entre as edições de "Lixão"

De Malucopédia
Ir para navegação Ir para pesquisar
m
Linha 3: Linha 3:
 
Um '''lixão''' basicamente é o lugar onde o cidadão miserável que vive abaixo da linha da pobreza vai buscar seu sustento enquanto a esposa cuida dos filhos buchudos com barriga d'água em seu barraco de madeira na invasão.
 
Um '''lixão''' basicamente é o lugar onde o cidadão miserável que vive abaixo da linha da pobreza vai buscar seu sustento enquanto a esposa cuida dos filhos buchudos com barriga d'água em seu barraco de madeira na invasão.
   
 
O lixão é produto do desperdício a que os super-ricos cometem por não saber o que fazer com seus excessos e por não ter solidariedade para doar o pão mofado ou o leite estragado ao mendigo que dorme na frente de sua casa de luxo.
== O surgimento do fenômeno ==
 
  +
O lixão é produto do desperdício a que os super-ricos cometem por não saber o que fazer com seus excessos e por não ter solidariedade para doar o pão mofado ou o leite estragado ao mendigo que dorme na frente de sua casa de luxo. A quantidade de coisas úteis que vão parar no lixão poderiam matar a fome mundial ou poderiam matar de vez os famintos, tambem podendo ser recicladas e virar lucro para os hippies de praça (que convenhamos não tem muita higiene).
 
  +
A quantidade de coisas úteis que vão parar no lixão poderiam matar a fome mundial ou poderiam matar de vez os famintos, tambem podendo ser recicladas e virar lucro para os hippies de praça (que convenhamos não tem muita higiene).
 
[[Categoria:Geografia]]
 
[[Categoria:Geografia]]
 
[[Categoria:!Artigos precisando de melhorias|1]]
 
[[Categoria:!Artigos precisando de melhorias|1]]

Edição das 11h12min de 19 de novembro de 2013

Lixao.jpg

Um lixão basicamente é o lugar onde o cidadão miserável que vive abaixo da linha da pobreza vai buscar seu sustento enquanto a esposa cuida dos filhos buchudos com barriga d'água em seu barraco de madeira na invasão.

O lixão é produto do desperdício a que os super-ricos cometem por não saber o que fazer com seus excessos e por não ter solidariedade para doar o pão mofado ou o leite estragado ao mendigo que dorme na frente de sua casa de luxo.

A quantidade de coisas úteis que vão parar no lixão poderiam matar a fome mundial ou poderiam matar de vez os famintos, tambem podendo ser recicladas e virar lucro para os hippies de praça (que convenhamos não tem muita higiene).