Sexo

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa


Woot.gif
NOT SAFE FOR WORK
Cuidado! Este artigo ou categoria pode dar problemas se visualizado no trabalho ou na escola
Ele contém galeria de gifs de sexo.
Wikisplode.gif
Para os idiotas entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Sexo.

Sexo é uma conexão entre dois sujeitos, ambos podem ser de qualquer gênero, seja masculino ou feminino. Ela é fundamental para procriação na maioria dos animais e fundamental para o prazer do ser humano... e nos golfinhos.

Como surgiu?[editar]

No momento em que o Adão viu Eva "brincando com uma serpente".

Depois disso foram expulsos do paraíso, pois Deus viu que se ele deixasse Adão e Eva iriam fazer o paraíso virar um lugar superpopuloso.

Então os filhos de Adão e Eva chegando até nós aprendemos que quando um quer o outro finge que quer.

Como ele funciona?[editar]

Ser humano[editar]

É a hora do sexo!

O sujeito humano sempre quer procurar sexo em qualquer canto, seja na casa do parceiro ou nos swing's, o tradicional é quando o sujeito (pode ser sujeito de qualquer gênero) convida seu parceiro (também pode ser de qualquer gênero!) para sua casa, depois ele conversa iniciando um assunto de relacionamento.

Quando isso faz sucesso, ele insinua e pressiona o parceiro.

Quando isso rola, ele pode conseguir o sexo, quando não rola, leva um tapa na cara.

Golfinhos[editar]

... Pergunta a um deles, já que são os mais espertos!

Maioria dos animais[editar]

A maioria dos animais consegue o sexo na base da doidice.

Tradicionalmente (eu disse tradicionalmente!) um macho convida a fêmea e faz as vontades dela, até que isso funcione e o macho insinua a fêmea para o tchaka-tchaka.

Se a fêmea querer, pode abrir a casa do caralho, se ela não quiser, o macho leva tapa, mas como a maioria dos machos são teimosos no reino animal, ele insinua até que a fêmea queira.

Galeria[editar]

Ver também[editar]

Referências[editar]

  1. Com o perdão do trocadilho

Ligações externas[editar]