Pagode

De Malucopédia
Ir para navegação Ir para pesquisar
Para outros significados de pagode, ver pagode (desambiguação)

Pagode é um gênero musical paulista, caracterizado por ser uma imitação mal-feita do Samba, e cujo atrativo são dançarinas de bela Bunda.

História[editar]

Durante várias décadas, os paulistas tentaram replicar o sucesso Carioca e compor sambas, mas sem sucesso. Finalmente, a partir dos Anos 70, os paulistas desistiram, e se dedicaram a fazer Música Sertaneja. Nos Anos 80, porém, com o fim da ditadura militar, alguns paulistas não se sentiram confortáveis em compor música sertaneja, porque não eram cornos, e resolveram tentar fazer samba paulista. Nesta época, também, foram criados vários programas de auditório que, aproveitando-se da redemocratização, apresentavam gostosas com pouca roupa (e, eventualmente, seminuas) que rebolavam a bunda.

As bandas paulistas que tentavam fazer samba se exibiam nestes programas, e a audiência era alta, até que um gênio, Cumpadi Washington, descobriu que o único motivo da audiência eram as gostosas que mostravam a bunda, e não a "música", e resolveu incorporar as bundas rebolativas à sua banda. Este novo gênero não tinha nome, então procuraram no dicionário alguma palavra relacionada à bunda, mas o dicionário era da época da ditadura, e pulava direto de Buda para burca. Como burca tinha associações com "gente neurótica que não gosta de mulher pelada", foram no verbete Buda e pegaram alguma palavra associada - a palavra Pagode.

Nascia então o Pagode, como gênero musical. O Pagode explodiu nos Anos 80 e 1990, com várias bandas que faziam uma música muito chata e tinham gostosas rebolando a bunda. Devido à sua origem como imitação do samba, estas bandas tem nomes alusivos ao samba, como Companhia do Samba, Samba de Primeira, Gerasamba, Sambabaca e Sambunda. Os programas que tinham estas bandas faziam o maior sucesso, mas 93,7% das pessoas assistiam às bandas com o som da Televisão desligado, já que a única coisa que valia a pena eram as bundas.

O Pagode praticamente desapareceu nos Anos 2000, quando a Censura voltou à televisão, proibindo programas com gostosas e bundas.

Ver também[editar]