Manaus

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa

Manaus é conhecida por ser a capital do Amazonas e por ser o pólo industrial de todas as grandes empresas internacionais de tecnologia que procuram mão de obra barata para a fabricação de seus produtos caríssimos como TVs de LED e consoles de última geração. As empresas empregam o trabalho escravo dos índios de Manaus, que fabricam eletrodomésticos em troca de mandioca e flechas.

Manaus era um paraíso preservado pelos índios Tapanacara até que a cidade foi invadida via Rio Amazonas por piratas da Curradoslováquia, uma das repúblicas da Boiolinávia. Os Tapanacaras lutaram bravamente até a última flecha e dardo de zarabatana, mas não puderam se opor aos bastões trovejantes dos invasores e acabaram sendo currados pelos caraíbas da Curradoslováquia, que venderam a cidade à Sony e à Samsung e derrubaram a mata para construir fábricas e vender suas bugigangas tecnológicas para o Brasil inteiro.

É um fato conhecido que no Amazonas não existe estádio de futebol nem sequer existe time de futebol amazonense, aliás os amazonenses sequer sabem o que é futebol. No entanto, quando já estava tudo certo para que Belém sediasse a Copa de 2014 os políticos do Amazonas subornaram a FIFA e fizeram um acordo sujo para que todos ganhassem rios de dinheiro às custas do povo com a construção faraônica e às pressas de um estádio de futebol em Manaus.