Homem que bate em mulher

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa

O homem que bate em mulher (Nome científico Brutamontes Misoginus) é um genérico da espécie humana surgido há dez mil anos na era do gelo.

História geológica[editar]

Aparência de um homem que bate em mulher
Nowikipedia.png
Se deu mal! A Wikipédia não tem um artigo sobre Homem que bate em mulher.

A primeira aparição do homem que bate em mulher se deu na região da Ásia Menor onde se encontram hoje os países árabes, tendo em sua maior característica o hábito de pegar a mulher para si na base do porrete e levá-la para sua caverna pelos cabelos.

Os homens que batem em mulher se adaptaram a todos os climas da Terra e se espalharam pelos quatro cantos do planeta, graças à facilidade de se passarem por seres humanos. Em público, um homem que bate em mulher consegue mimetizar um ser humano racional, respeitável a até mesmo inofensivo. Graças a essa grande habilidade de dissimular, a existência do homem que bate em mulher passou despercebida da humanidade por vários milênio, mas tudo mudou com o nascimento da imprensa: graças aos paparazzi a existência dessa espécie hominídea foi revelada ao mundo, causando a dimunuição dramática do número de espécimes.

Homens que batem em mulher hoje[editar]

Apesar de serem caçados e suas peles serem vendidas no mercado negro, ainda há muitos homens que batem em mulher. Os mais famosos são:

  • Ike Turner: O negão que metia a porrada em Tina Turner. Falecido.
  • Chris Brown: O rapper que desceu o cacete em Rihanna. Pagou cesta básica e saiu livre.
  • Netinho de Paula: Um pagodeiro que se diverte dando pandeirada em mulher.
  • Dado Dolabella: O bad boy que deu porrada em Luana Piovani, pulou da Globo pra Record, venceu A Fazenda e agora posa de bom moço.
  • Marcelo Dourado: Ex-BBB que se diverte quebrando dedos de mulheres.