Conservadorismo

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa
Exemplo de conservadorismo exercido nos Estados Unidos.
E a Record dá o exemplo de programação para a família tradicional brasileira.

Conservadorismo é um ideologia política que as pessoas exercem suas hipocrisias com finalidade de controlar a vida pública, política e econômica da população.

História[editar]

O conservadorismo foi inventado pelas religiões ultra-conservadoras como Mormons, Testemunhas de Jeová, etc, a partir do momentos que as crianças foram perdendo medo dos contos da carochinha (sim, o Lobo Mau comia de verdade a vovozinha e a Chapeuzinho Vermelho, seu trouxa!). E resolveram impor seus medos para que possam controlar as pessoas com o receio de quando Jesus Cristo voltar castigasse todos os que foram maus.

O conservadorismo prezava o controle da vida em todos os sentidos da sociedade para evitar que qualquer tipo de liberalismo fosse evitado e que a vida em sociedade continuasse sempre a mesma de séculos atrás com as mulheres sendo escravas nas suas casas trabalhando na limpeza ou para procriar filhos. Também era utilizados em outras finalidades como:

  • Conservadorismo financeiro-econômico: exercia seu poder nos bancos mantendo suas finanças baixas rendendo nas contas de poupanças e aumentando os juros para desencorajar as pessoas a gastar demais e provocar juros. Infelizmente, durante a década de 1980, fracassou porque os fiscais do Sarney eram subornados com cervejinhas.
  • Conservadorismo religioso: muito utilizado pelos pastores no sentido de controlar a vida sexual dos fieis, fazendo as mulheres a sairem de casa vestidas com saias caindo até aos calcanhares e se mantessem em casa. Muitos pastores também faziam o Conservadorismo financeiro-econômico ao pedir que os fieis gastem tudo nos dízimos para que eles protejam esse dinheiro e evitassem que os fieis gastem em tudo que posssa gerar pecados.
  • Conservadorismo nas wikis: exercido em wikis de carácter hipócrita ditando regras com finalidade de que os usuários evitassem fazer coisas sem sentido como: apostar o toba, criar sockpuppets, criar continuas regras para desincentivar a criatividade dos usuários em contribuir na comunidade.