Beverly D'Angelo

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa

Beverly D'Angelo é uma atriz americana.

Ela era um patricinha, de uma família rica americana, que não fazia quase nada de rebeldia além de fumar maconha com as amigas. Nem briga de aranhas, o que é a coisa mais natural entre jovens, ela fazia, porque a família era muito conservadora.

Até que um dia ela conheceu um grupo de hippies dorgados e porra-loucas. Ela queria dar para o líder do grupo, o George Berger, mas este queria mais era zoar e não se interessava por mulher, então ela acabou tendo que ficar com o caipira do grupo, o Claude Hooper Bukowski. Depois de participar de Woodstock e tomar muito LSD, Beverly tomou banho em um lago muito sujo, mas como os hippies roubaram suas roupas para trocar por dorgas, ela voltou para casa só de calcinha. Quatro meses depois, chateada porque ninguém queria comê-la porque ela ficou com fama de piranha de hippies, ela cruzou todo o país para dar para o Claude Bukowski. Deu certo para ela, mas quem se fudeu foi o George Berger, que, para ajudar o Claude, acabou indo para o Vietnã e morrendo.

Claude ficou tão traumatizado que entrou para uma organização maligna secreta, a Manticore, cujo objetivo era produzir supersoldados geneticamente modificados e superiores à raça humana. Ou seja, Beverly tomou um pé na bunda.

Sozinha e abandonada, ela se casou com Clark Griswold, um americano de classe média com a maior cara de babaca. Ela teve uma vida feliz, com marido, dois filhos, uma casa no subúrbio e férias todo ano. Mas aí é que ela se fudeu legal: todo ano, as férias eram a mesma merda, e dava tudo errado.

Cansada de ser inútil, finalmente Beverly arrumou um emprego, e agora ela trabalha contra a unidade de Nova Iorque que reprime crimes sexuais. Ou seja, seu trabalho é ajudar estupradores e assassinos de criancinhas a conseguirem não serem presos, para voltarem a estuprar e assassinar criancinhas.